Um caso de amor pelo mar


Ha alguns anos eu colocava os meus pés pela primeira vez em um navio de cruzeiros como passageira; uma semana de paparicos, cama arrumada, muita comida, bebida, festas e profissionais 24 horas a serviço dos hóspedes. Na época eu nem imaginava que um dia faria parte de uma equipe daquelas e muito menos que aquela vida de marinheiro seria um vício difícil de largar. Para ser sincera, os primeiros meses foram difíceis até adaptar-se ao novo estilo de vida com regras, treinamentos de segurança e a convivência em uma cabine pequena em meio ao oceano, mas depois de um breve período de adaptação o trabalho e a oportunidade de conhecer pessoas e diversos lugares do mundo me instigaram a continuar ano após ano.

E desta forma, nos últimos oito anos venho percorrendo diversos roteiros com os navios da MSC Cruzeiros, a qual carinhosamente costumo chamar de Minha Segunda Casa; experiência esta que me rendeu muitos amigos, muitas excursões para destinos sensacionais, matéria prima para este blog e a certeza de fazer parte da família de uma das maiores companhias de cruzeiros do mundo.

A propósito da companhia MSC, no próximo mês de maio será inaugurado o novo navio da frota: o MSC Divina, construído nos canteiros navais de Saint-Nazaire na França, será batizado no porto de Marselha com a cerimônia das moedas comemorativas  que tem de um lado o logo da companhia com a rosa dos ventos e do outro lado o emblema da cidade de Marselha, local do evento. A tradição da MSC diz que cada navio dever ser batizado em um porto internacional diferente e, neste caso, o nome Divina é uma homenagem a atriz italiana Sophia Loren, a madrinha de toda a frota e amiga do presidente da companhia Gianluigi Aponte. O MSC Divina terá 18 andares, 1739 cabines com capacidade para 3.300 passageiros e espaços internos planejados pelo escritório de arquitetos navais De Jorio Design Internacional com um conceito de gestão de espaços.

Antes que você meu caro leitor possa pensar que estou fazendo algum tipo de propaganda da minha companhia favorita, deixo bem claro que o intuito deste artigo é expor os motivos pelo qual eu escolhi esta profissão de anfitriã a bordo de navios de cruzeiros e as razões pela qual milhares de pessoas escolhem este tipo de viagem para suas férias.

Então vamos lá, para entendermos melhor a história dos cruzeiros marítimos vamos dividi-la em duas fases distintas: a primeira delas, também chamada Vitoriana iniciou por volta de 1837, quando os navios da Peninsular Steam Navigation Company (mais tarde renomeada P&O Cruises) realizavam seus roteiros pela Inglaterra, Espanha, Portugal, Malásia e China, ilha de Malta, Constantinopla, Grécia e Egito. Nesta época as companhias tinham mais interesse na carga que seus navios podiam transportar do que propriamente nos serviços oferecidos aos seus passageiros, pois os navios eram frequentemente readaptados para serem utilizados durante os conflitos da guerra.

A segunda fasecompreende a década de 1930, quando as companhias passaram a construir navios maiores, mais velozes e começaram a praticar tarifas econômicas, além de  oferecer opções de primeira e segunda classe para atender um público mais exigente.

Somente no final do Século XX o conceito de super transatlânticos foi desenvolvido, e a Alemanha liderou o mercado com a construção de uma massiva e ornamentada frota de hotéis flutuantes. Estes transatlânticos foram desenvolvidos com as mais modernas tecnologias da época para minimizar o desconforto da viagem em alto mar, proporcionando conforto e elegância nas acomodações e uma diversidade de atividades de bordo.

Hoje em nosso mercado existe uma infinidade de opções de navios e roteiros, desde os mais antigos que foram sendo remodelados com o passar dos anos, até  os mais modernos e gigantes transatlânticos que desafiam a tecnologia para oferecer cada vez mais opções de lazer e entretenimento a bordo e superar a concorrência.

Nesta babilônia de ofertas e opções de navios e roteiros, a corrida pela conquista de clientes fica a cargo das companhias marítimas que disputam sua fatia de mercado principalmente com três quesitos: roteiros, preços e serviços a bordo.

Neste sentido, ao comprar uma viagem de cruzeiro perceba sempre o seguinte: as companhias de alto padrão possuem em geral navios de pequeno porte com roteiros exclusivos e escalas que variam de 8 a 24 horas, enquanto as demais companhias possuem navios maiores, roteiros menos interessantes e com escalas reduzidas. A estratégia de mercado funciona da seguinte maneira: se você viaja a bordo de um navio com um roteiro de escala estendida e fica muito tempo fora visitando os lugares, certamente não terá muito tempo para consumir a bordo e, consequentemente a companhia não terá lucro, pois o valor pago pela viagem cobre somente as despesas de alojamento e alimentação. Por outro lado, os navios com roteiros de escala reduzida, obrigatoriamente precisam oferecer opções de alto padrão de entretenimento para seus clientes, ao contrario eles ficarão entediados a bordo e não vão consumir .

Portanto, a minha dica pessoal para você que planeja fazer uma viagem de cruzeiros é a seguinte: o mais importante antes de escolher um navio para a sua viagem é saber exatamente qual o seu perfil de viajante. Se você quer conhecer a maior quantidade possível de lugares e aproveitar ao máximo os passeios, verifique cautelosamente o tempo de escala em cada porto antes de escolher a companhia. Ao contrário, se você não faz muita questão em sair do navio e prefere aproveitar os serviços de bordo, não perca tempo e reserve sua viagem com uma das diversas companhias do mundo, pois afinal de contas todas tem suas peculiaridades e seus pontos fortes e fracos…e boa viagem!

Post relacionado: Viajar de graça e ainda ganhar pra isso, pode?

Quer receber mais dicas de viagem?

Então curta nossa página no Facebook.

Siga o @turisnews no Twitter.

Não seja egoísta, compartilhe com seus amigos!

Anúncios

Uma resposta para “Um caso de amor pelo mar

  1. Pingback: Viajar de graça e ainda ganhar pra isso….pode??? « VIAGENS PELO MUNDO·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s