Only us em Positano…


Dizem que na nossa vida o destino pode ser um cego errante, e ao acordar esta manhã tive a sensação de voltar no tempo e lembrei de uma viagem que fiz em 2003 para a encantadora Itália. Meus caros leitores, desculpe desapontá-los, mas esta não é uma história de amor, mas sim um breve conto de uma grande amizade.

Foi no verão de 2003 que conheci uma pessoa iluminada… Naquela manhã de sol e calor em Roma, estava eu na escola de italiano em meio a uma dinâmica de grupo tentando encontrar pessoas que compartilhassem os mesmos gostos que os meus e, como um passe de mágica eis que encontrei…

Cor Preferida: Azul

Signo: Capricórnio

Nacionalidade: Brasileira

O que mais gosta de fazer: Viajar…

Sexo: Feminino

Eis que neste momento surge alguém com as mesmas características que as minhas e a partir daquele momento minha vida já não podia ser mais a mesma, pois naquele momento havia encontrado a minha MELHOR AMIGA e companheira de aventuras.

Neste mesmo dia ela me contou a história do filme Only You onde a personagem Faith (Marisa Tomei), uma professora, acreditava que sua alma gêmea era um homem chamado Damon Bradley, pois quando era garota este nome apareceu em uma tábua Ouija e também por ter sido predito por uma cigana. O tempo passou e ela iria se casar com um médico. Faltando poucos dias do casamento ela atendeu o telefonema de um amigo do seu noivo, que pedia desculpas por não poder ir a cerimônia pois estava partindo naquele instante para Veneza. O nome do amigo era Damon Bradley, o que fez com que ela não pensasse duas vezes e decidisse ir até Veneza, tentando encontrar um homem que ela não conhecia.

Na verdade o que mais nos interessava naquele filme eram as paisagens deslumbrantes da Costa Amalfitana onde os protagonistas tiveram a feliz ideia de passar momentos inesquecíveis… e, diante do Coliseu, sentadas em um campo verdejante, decidimos pegar um trem e passar um final de semana hollywoodiano na famosa Costa Amalfitana.

Já eram quase 19 horas e a dupla aventureira estava chegando em Amalfi, uma cidadezinha de pouco mais de cinco mil habitantes com cerca de 6 quilômetros quadrados, diante do últimos raios de sol e sem nenhuma reserva de hotel. Foi então que tivemos a sorte de encontrar um cantinho feito a mão para as nossas necessidades: a Pensione Proto onde encontramos uma cama confortável e um quarto com janelas enormes e vista para a Catedral com seu sino badalando de hora em hora e para a viela logo abaixo de onde vinha o cheirinho de pão recém saido do forno e o burburinho dos turistas comprando suas bugigangas.

No dia seguinte, depois de degustar um café bem caseiro com direito aos deliciosos cornetti de chocolate, saimos pelas ruas para conhecer um pouco melhor a cidade que, apesar de pequena, concentra belezas de encher os olhos como: a Catedral de Sant’Andrea com seus mosaicos bizantinos, as casas encravadas no alto dos paredões rochosos da costa, a praia com suas areias de pedra e a fabulosa Grotta dello Smeraldo, um passeio de barco pela gruta e suas águas de cor esmeralda.

Apesar das belezas de Amalfi, o que nos levou por aquelas bandas foi o sonho de conhecer Positano, o fascinante cenário do filme Only You. E foi em busca deste sonho que, após mais uma horinha de ônibus desde Amalfi, lá estávamos no alto de Positano ao longo de uma estrada sinuosa, sentadas em uma mesa diante das águas verdinhas do Tirreno, bebendo una bibita (refrigerante) bem fresquinha em homenagem ao nosso mais novo descobrimento… POSITANO…e eis o que vimos…

E mais isso…

Embora ainda um pouco tontas com aquelas cenas paradisíacas, resolvemos procurar um hotel para passar a noite e, mais uma vez, graças aos dons de negociação da Lu, conseguimos uma tarifa super especial no HOTEL VITTORIA, com direito a vista para a cidade e um terraço repleto de boungavilles de onde podiamos admirar as águas verdinhas do mar, saboreando nosso café da manha ao som das mais lindas canções italianas.

Um passeio por Positano nos revelou uma cidade com cheirinho de Limoncello, o licor feito a partir dos limões produzidos na região e um cenário digno de grandes filmes para pessoas apaixonadas pela VIDA.

A única coisa ruim foi ter de deixar a cidade e escolher se voltar por Amalfi, passando por Salerno, Nápoles até chegar em Roma ou seguir em frente até Sorrento e depois diretamente para Roma. Mas como bem diz a canção de Eros Ramazzoti, que aliás serve de tema deste relato: eu gostaria de poder dedicar muito mais tempo a àquele lugar, mas no meu mundo não existe somente você e por isso devo seguir. Há mares e colinas que eu devo rever, além de amigos e familiares que me esperam para podermos viver outros momentos juntos…

Un’emozione per sempre (Eros Ramazzoti)

…Vorrei poterti dedicare di più,
Più di quel tempo che ti posso dare…
Ma nel mio mondo non ci sei solo tu,
Io perciò devo andare.

Ci sono mari e ci sono colline che
Voglio rivedere.
Ci sono amici che aspettano ancora me,
Per giocare insieme.

Certi amore regalano
Un emozione per sempre.
Momenti che restano così,
Impressi nella mente…

Desta forma voltamos para Roma para prosseguir nossos estudos e aproveitar outros momentos das nossas vidas, com a certeza de que não ha nada mais valioso neste mundo do que uma verdadeira AMIZADE.

Luiza minha querida amiga, a você minha gratidão por ter compartilhado momentos de eterna alegria… Seria o destino capaz de parar um navio por uma semana em Veneza para podermos reviver nossas alegrias??? Mas esta história vou deixar para o próximo post…Conto de uma Veneza eterna


TVB AMICA…quando faremmo un’altro viaggio insieme???

Quer receber mais dicas de viagem?

Então curta nossa página no Facebook.

Siga o @turisnews no Twitter.

Não seja egoísta, compartilhe com seus amigos!

Anúncios

6 Respostas para “Only us em Positano…

  1. A quem quer que leia esta história, sou uma parte dela. Sou Luiza, sou a pessoa abençoada que teve a oportunidade de conhecer uma das pessoas mais admiráveis como a Claudia. Uma grande mulher, lutadora, excelente profissional, doce, sonhadora, generosa. Alguns obstáculos a tornaram forte e as muitas viagens o suporte de sobrevivencia para a parte triste que todos temos de ultrapassar em nossa existência. Viajar é reabastecer a alma, embebedar-se de energia, além de colher cultura, aprendizado e a vida, a vida de conhecimento humano ou não, mas a natureza é viva, é vida…
    Obrigada pelo texto, obrigada por ser tão especial. Parabéns pelo Blog, tenho acompanhado e cada dia está mais interessante e de muita qualidade.
    Bjsssssssssss. Lullis/Luiza

    • Oi Meg, infelizmente o hotel em Roma nao existe de verdade, as cenas foram gravadas em estúdio. Somente em Positano o hotel onde foram gravadas as cenas era real e se chama Le Sirenuse. Abs

  2. Apesar de ler mais e mais suas dicas, viajar com suas escritas, sempre volto aqui, é como se tudo devesse começar de novo. Depois de 8 anos, estou aqui, lendo, revivendo. Fico entre voltar alí, usar o túnel do tempo e congelar a vida em Positano, Porto de Veneza, pizza em Sorrento, ver o Vesúvio, não querer sair do trem e seguir pra sempre em giro, ou… Já preparar a mala, ir pra Suiça, Bélgica, Dinamarca, Chian, Sibéria………………….. Mas os sentimentos daquela época e a coragem, força de sobrevivencia e os sonhos de futuro… esses, eu gostaria de saber aonde andam e por onde devo começar a reencontrar. Tudo nos levava ao infinito, mas nosso destino não esperava um destino sem nossos pais nos esperando a cada volta. Por isso é maravilhoso ter os fatos em fotos e viajar tantas quantas vezes aos mesmos lugares que desbravamos, recompor a história e seguir por mais outros tantos anos com nossa mesma amizade que essa sim é eternamente cheia de malas, rodinhas nos pés e muitas aventuras. No brasil ou fora dele, com shows, samba, pagode, óperas, violinos ou algum cantor particular… mas sempre novas línguas, novas terras, novos amigos, um novo mundo nos esperaaaaaa.
    vamos menina, vamos aumentar essas fotos no seu lindo BLOG. Bjsssssssss. Lu

  3. Pingback: Conto de uma Veneza eterna « VIAGENS PELO MUNDO·

  4. Pingback: Os segredos do Valentine’s Day (dia dos namorados) | VIAGENS PELO MUNDO·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s