Algumas dicas de como viajar de graça


Muitas pessoas pensam que viajar pelo mundo e conhecer novos horizontes é um sonho para poucos, mas poucos sabem que há várias maneiras de conseguir realizar este sonho com pouco dinheiro e um muita dedicação e trabalho.

Desde o advento das novas tecnologias e a globalização tudo ficou mais fácil e hoje já é possível encontrar diversas maneiras econômicas e enriquecedoras para pôr o pé na estrada, conhecer lugares e novas culturas sem gastar muito e em alguns casos até ganhar uns trocados.

Foi pensando nisso que elaborei uma lista de opções de como é possível realizar o sonho de conhecer o mundo, ou parte dele da maneira mais econômica possível.

trabalhos

1. Trabalhar em um navio de cruzeiros

Esta talvez seja uma das opções mais rentáveis se você tem o mínimo de conhecimento de inglês e muita disposição para aguentar uma jornada de trabalho de 7 dias por semana em troca da oportunidade de conhecer diversos destinos sem gastar nenhum tostão.

Há diversas companhias que dispõem de vagas para recepcionistas, bartenders, camareiros, garçons, músicos, dj´s,etc e oferecem contratos de 6-8 meses com pagamento mensais em dólares que variam de US$600 – US$ 1.500 (livre de despesas e taxas).

Para se candidatar a uma vaga é preciso ter um bom nível de inglês, alguma experiência na área e enviar o currículo em inglês para uma das agências de recrutamento disponíveis tanto no Brasil como no exterior ou até mesmo nos próprios sites das companhias de cruzeiros.

Agências de recrutamento no Brasil: Valemar, Infinity Brasil, Rosa dos Ventos

2.Trabalhar como tripulante voluntário em iates e embarcações

Pode parecer estranho mas muitas embarcações que cruzam os oceanos disponibilizam lugares para os viajantes e havendo vagas de trabalho a bordo o viajante pode ter  acomodações e hospedagem de graça ou mesmo um gasto muito pequeno para realizar o sonho da viagem. No site Find a Crew é possível encontrar as vagas de acordo com o seu perfil e habilidade, podendo estas serem gratuitas ou pagas.

3. Trabalhar em albergues e casas de família em troca de hospedagem e alimentação

Depois da passagem um dos itens mais caros de uma viagem é a hospedagem, mas se você não se importa em trabalhar de 4-8 horas por dia em um albergue ou hotel em troca de sua hospedagem e alimentação então esta é a opção certa para a sua estadia em diversos países do mundo.

Vale lembrar que a maioria dos estabelecimentos exigem no mínimo 15 dias de trabalho e mesmo não sendo um trabalho remunerado você terá responsabilidades, mas em contrapartida terá a oportunidade de conhecer pessoas e se divertir no destino escolhido.

 Worldpackers: é uma plataforma eletrônica criada pelos brasileiros Ricardo Lima e Eric Faria que conta hoje com quase 2000 voluntários, 230 albergues em 73 países, inclusive em várias regiões do Brasil. Estes albergues dispõem vagas de trabalho voluntário em áreas como: recepção, limpeza, bar, aulas de idiomas e promoter de baladas.

Season Works: é uma das plataformas eletrônicas mais conhecidas mundialmente e dispõe de diversas vagas pelo mundo incluindo trabalhos em hotéis, intercâmbios e au pair.

HelpX: é uma plataforma eletrônica criada pelo inglês Rob Prince e que também oferece hospedagem em troca de trabalho que pode negociada diretamente entre o empresário e o viajante.

Workaway: uma plataforma que oferece opções de trabalhos voluntários em albergues, hotéis , projetos de arte, fazendas, au pair,etc e cobra uma taxa de 23 euros para cadastro por 2 anos.

4. Ensinar um idioma para uma família anfitriã

Muitas pessoas querem aprender um idioma sem sair de casa e esta é a oportunidade para quem tem um conhecimento de um idioma estrangeiro. A demanda maior é pela língua inglesa, mas o português também tem sido procurado em alguns países do mundo. No site My Family Abroad é possível pesquisar as famílias e entrar em contato.

5. Cuidar de animais de estimação na casa das pessoas.

Se você gosta de animais e não se importa em cuidar dos pequenos afazeres da casa e do jardim, talvez esta seja uma opção para passar alguns dias ou até meses na casa de alguém enquanto ele viaja. Os sites Mind my House e Trusted House Sitters dispõem de vagas onde os interessados podem pesquisar e se encontrarem algo que os interessa podem candidatar-se pagando uma taxa de mensalidade.

6. Turismo voluntário

Esta combinação de experimento e inspiração está ganhando popularidade, principalmente devido ao aumento no número e na variedade de oportunidades disponíveis. Atualmente existem desde viagens marítimas à viagens de voluntariado na África. Neste tipo de viagem as pessoas conseguem impactar em uma comunidade inteira ao longo de uma ou duas semanas, ou até mesmo durante uma lua de mel, caso esta seja a escolha do casal.

7. Trabalhar como bartender, dj ou garçom nos meses de verão

Muitos viajantes em períodos de férias de alta temporada aproveitam as ofertas de vagas de freelancer em bares e restaurantes para ganhar uma graninha e poder estender a estadia. Destinos como Búzios no Brasil, Ibiza na Espanha e as ilhas do sul da Tailândia estão entre os queridinhos destes profissionais.

E você já teve alguma experiência em uma destas opções? Se sim compartilhe com a gente.

Quer receber mais dicas de viagem?

Então curta nossa página no Facebook.

Siga o @turisnews no Twitter.

Não seja egoísta, compartilhe com seus amigos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s