A Verona de Romeu e Julieta


Eu relutei por muitos anos em conhecer Verona, justamente por pensar (e eu estava certa) que não encontraria muita inspiração por aquelas bandas, mas antes de contar o porquê vou voltar um pouquinho (ou seria um montão) lá no passado quando eu pirralha tentando juntar as palavras para fazer uma simples leitura, encontrei por acaso um livro chamado Romeu e Julieta de Shakespeare e tive a audácia de lê-lo. Naquela época é obvio que eu não entendi bulhufas daquela historia chata, mas lembro ainda da capa do livro que tinha a imagem de um Romeu com uma coroa de ramos na cabeça (até hoje não entendi o motivo, mas isso não vem ao caso agora).

Pois bem, depois de tantos anos me encontro na cidade de Verona meio que por acaso e então fui conhecer aquela que dizem ser a casa onde viveu a pobre da Julieta. E digo pobre no sentido figurado da palavra porque a tragédia escrita por Shakespeare enfoca o amor proibido entre ela e Romeu que eram filhos únicos de duas famílias tradicionais rivais de uma Verona renascentista onde a intolerância e o poder condenavam o sentimento nobre do amor.

A casa de Julieta que hoje recebe milhares de visitantes está repleta de inscrições pelas paredes do portão de entrada e a estátua de bronze em sua homenagem já está gasta de tanto passarem a mão nos seus seios na crença desenfreada de sorte nesta arte tão incompreedida do AMOR.

A casa de Julieta.

A casa de Julieta.

A estátua da Julieta.

A estátua da Julieta.

O que talvez muitos não se lembrem é que essa história começou torta, durou pouco e terminou em tragédia e, na minha opinião, continua não tendo graça nenhuma ficar passando a mão em estátuas e fazendo garranchos nas paredes acreditando que isso vai atrair um grande amor, em todo caso para quem não lembra…romeo-and-juliet

Os amantes (Romeu e Julieta) se conhecem em uma festa promovida pelo líder dos Capuletos, pai da jovem. Romeu, evidentemente, não foi convidado mas, acreditando estar apaixonado por Rosaline (o motivo real da presença de Romeu na festa), uma das moças presentes no evento, se oculta sob um engenhoso disfarce e vai à celebração. Uma vez, porém, que ele se depara com Julieta, a imagem da outra garota desaparece de seu coração, e nele agora só há espaço para a jovem desconhecida (quão volátil era o coraçãozinho de Romeu). Logo depois os dois descobrem que pertencem a famílias que se odeiam.

Romeu, logo depois da festa, oculto no jardim, ouve involuntariamente o diálogo de Julieta com as estrelas, durante o qual ela confessa sua paixão (quão intensa e deseperada era Julieta). Ele então a procura e se declara. Um dia depois os dois, com o auxílio do Frei Lawrence, que pertence ao círculo de amizades do jovem, se casam em segredo.

Mas a sombra da tragédia parece persegui-los. Neste mesmo dia Romeu se envolve sem querer em uma briga com o primo de Julieta, Tebaldo, que ao descobrir a presença do Montecchio na festa de seus tios, planeja uma revanche contra ele. A princípio o jovem não aceita provocações, mas seu amigo Mercúcio confronta o adversário e é morto por ele, o que provoca a revolta de Romeu, o qual mata Tebaldo para se vingar.

Esta morte acirra ainda mais o ódio entre as famílias e o Príncipe da cidade manda Romeu sair de Verona. O velho Capuleto, sem saber da união de sua filha com o inimigo, arranja o casamento da filha com Páris. O frei a convence a aceitar o matrimônio, mas arma um plano. Pouco antes da cerimônia Julieta deverá ingerir uma poção elaborada por ele; com a ajuda deste preparado ela será considerada morta.

Romeu seria avisado e retornaria para retirá-la do jazigo dos Capuleto assim que ela despertasse. Porém, como não poderia ser diferente em uma tragédia de Shakespeare, Romeu descobre o ocorrido antes de ser notificado pelo Frei. Desesperado, ele adquire uma poção venenosa e, na sepultura onde se encontra a amada, ingere o conteúdo do frasco e morre junto à Julieta.

A jovem, ao acordar, se dá conta do que aconteceu e, com o punhal roubado de Romeu, se mata. Os dois são encontrados juntos, mortos, para completo desespero dos familiares. Abalados com a tragédia, eles se reconciliam definitivamente (previsível esse final não?!).

Então tirando a parte chata e melodramática dessa história, a cidade de Verona vale a pena pela sua arquitetura renascentista e sua estrutura urbana que foi declarada patrimônio da humanidade pela UNESCO, suas ruas charmosas e repletas de sorveterias, lojinhas e restaurantes, além da sua Arena (entrada 10 Euros) que foi construída pelos romanos a mais de 2000 anos, serviu de cenário para os grandes combates dos gladiadores e continua sendo palco para espetáculos culturais internacionais.

IMG_6185

Ruas de Verona ao longo do Rio Adige.

Ruas de Verona ao longo do Rio Adige.

Arena de Verona.

Arena de Verona.

Interno da Arena de Verona.

Interno da Arena de Verona.

Como Chegar: a cidade de Verona está localizada no meio do caminho entre Veneza e Milão e pode ser facilmente visitada em apenas um dia. Para quem chega de trem há como deixar a bagagem na estação e chegar até mesmo a pé no centro histórico onde encontra-se a Arena e a casa de Julieta.

Onde Ficar: para quem deseja passar a noite em Verona a melhor opção são os hotéis localizados próximos ao centro histórico, já que é ali que estão os principais atrativos da cidade e onde a vida noturna acontece. Eu fiquei hospedada no Al Quadrifoglio um B&B super simpático e econômico no Borgo Trento a poucas quadras do centro histórico, onde a Giusy e seu esposo tratam com muito carinho seus hóspedes e ainda servem um super café-da-manhã.

Quarto do Al Quadrifoglio.

Quarto do Al Quadrifoglio.

O que comer: por onde quer se vá Romeu e Julieta estarão impregnados até mesmo no ar, por isso mesmo não resista a provar os docinhos (suspiros de Romeu e beijos de Julieta) que apesar de parecer apetitosos estão mais para o gosto amargo desta paixão.

Os docinhos do casal.

Os docinhos do casal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s